Como escolher sua grama sintética.

Hoje vivemos numa economia globalizada onde países de diversos locais do mundo trocam informações, negociam e se relacionam de maneira diversa.

Diante de tantas oportunidades é preciso saber escolher com sabedoria na hora de comprar ou negociar com outras pessoas. Produtos "semelhantes" na aparência  mas distintos na qualidade nos cercam a toda hora. É fácil ser enganado ou mesmo enganar-se. Por outro lado temos diversas armas na nossa mão como as certificações de qualidade, as quais nos indicam os níveis de qualificação de fornecedores e produtos e a própria internet onde é fácil se informar sobre a reputação e grau de satisfação gerado por determinado produto ou empresa.

Para facilitar elaboramos uma série de perguntas que podem nos levar a fazer uma boa compra na hora de adquirir grama sintética, espero que façam bom proveito dessas informações.

A empresa é fabricante ou apenas revendedora da grama que esta sendo cotada?

Este é um fator importante levando em consideração que caso ocorra algum problema de fabricação a empresa contratada deverá arcar com todos os custos referentes a substituição da grama e/ou correção de defeitos apresentados, compromisso que pode ficar difícil de assumir para quem não fabrica o produto. Hoje encontramos no mercado nacional grama sintética oriunda da China, Espanha e diversos outros países. Como um "revendedor", vai dar garantia de um produto fabricado por terceiros que na maioria das vezes ele nem conhece? Verifique o contrato e veja como você está protegido de eventuais problemas, certifique-se que tudo vai "por escrito", pois garantia “só de boca”, não é garantia!

Quanto tempo a empresa está no mercado e qual o índice de satisfação de seus clientes?

“Dizes-me com quem tu andas e te direi quem tu és”. Pergunte quem são seus clientes, quais suas principais obras, onde atuam, solicite a lista de clientes e entre em contato com alguns que podem lhe dizer como é o atendimento, garantia, durabilidade do produto e etc. Nada melhor do que perguntar a quem já comprou da empresa.

Que matéria prima é utilizada na fabricação da grama sintética? 

Grama sintética nova, assim que é entregue “é tudo igual”... Mas com o passar de um ano ou dois começamos a ver a diferença de se utilizar produtos de qualidade. Sempre existirá um investimento para montagem de um campo em grama sintética ou outro espaço recreativo ou decorativo, a diferença é que seu investimento pode durar 03(TRÊS), 05(cinco) ou mais de 08(oito anos)! Suas escolhas decidem seu grau de retorno. Se por exemplo estiver comprando um campo, pergunte: “qual seu campo mais antigo?” e procure informações sobre ele, isso pode proteger seu investimento. Qual o fio utilizado e garantia dele? Qual a base que utilizam? Quem a fabrica? Posso comparar amostras? Podem me enviar fotos e telefones de campos novos e antigos para que eu verifique?

Que tipo de material será utilizado na montagem?

Muitas empresas para baratear custos não utilizam os materiais adequados para montagem de um campo. Deve-se levar em consideração:

  • Que areia é utilizada?
  • Sobre a borracha. A borracha e micronizada? Solicite amostras, pois borrachas em "pedaços" podem causar lesões e incômodo na hora de jogar. Qual a quantidade de borracha micronizada? Um percentual considerável do preço refere-se à borracha que vai rechear o campo. Certifique-se de que a quantidade orçada realmente é a indicada para preservar o gramado e evitar lesões. Certifique-se que após a compra a quantidade paga foi entregue. Pergunte se a empresa vai deixar alguns sacos para reposição já inclusos no pacote, pois após alguns meses você vai precisar para manutenção. Pergunte como fazer para adquirir mais borracha depois.
  • Que tipo de cola será utilizado para montar o gramado? Para baratear os custos muitas empresas utilizam a “cola de sapateiro” ou cola de contato para fazer emendas, isto em campos de futebol geralmente ocasiona uma redução na vida útil, causando rompimentos e diversos prejuízos em termos de material e mão de obra. Certifique-se de que utilizarão a cola adequada.

Existe um representante ou escritório local que possa prestar atendimento e possa acompanhar a utilização do produto?

Afinal você está comprando um bem durável e não quer que todos desapareçam após sua compra! Comparativamente falando, de que adianta comprar um carro super barato e quando precisar de peças de reposição ou assistência técnica não encontrar ninguém que possa vender peças ou concertar seu carro?

Existem muitos pontos que podem ser abordados, mas não se engane, é difícil vender um produto de qualidade e alta performance a um custo baixo, pois geralmente matéria prima de qualidade tem um preço elevado.

Informe-se, pergunte e desconfie, se ao invés de respostas encontrar desculpas a estas perguntas. Isso vai ajudar-lhe a fazer uma excelente compra!

No Comments Yet.

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: